Por que desapegar pode mudar a sua vida!

setembro 01, 2016

Para muitos o primeiro passo para ter uma vida mais leve, simples ou até mesmo para adotar um estilo de vida minimalista, começa com o desapego. Por mais que essa mudança possa parecer muito libertadora, notei que muitas pessoas tem questionamentos fortes sobre desapegar e duvidam até mesmo da sua capacidade de aplicar essa prática no cotidiano. Quando compartilho da minha experiência pessoal principalmente, já foram tantos itens vendidos, repassados e doados que podem até assustar quem não consegue desapegar nem de uma blusa. Decidi que seria interessante fazer um post sobre isso, para talvez ajudar pessoas que estejam passando por essa situação. Acredite quando digo que desapegar pode mudar sua vida completamente!

Antes mesmo de escolher ter uma vida assim, fui obrigada a repensar nos últimos anos sobre os itens que possuía devido a quantidade de vezes que já me mudei. Mudar de lugar nos obriga a rever o que temos de uma forma muito interessante: Cada item escolhido para ficar envolve espaço, tempo e dinheiro, me fazendo questionar se aquele objeto valia o trabalho que teria para o manter, de fato isso facilitou muito para que pudesse aprender a arte do desapego.

Além do mais, sempre vi o processo como algo renovador e positivo e não como uma tarefa impossível, é importante aprender a curtir esse momento! Deixe sua mente aberta para conhecer os benefícios de possuir menos, certamente irá desapegar com mais frequência. Lembre-se que ter menos coisas é sinônimo de limpar menos, ter um ambiente sem acúmulos, saber os itens que possui e fazer uso de todos eles, além disso ainda há a possibilidade de vender os itens em bom estado, fiz isso com vários itens e me ajudou bastante financeiramente.

Meu processo de desapego por mais grande que possa parecer, foi feito aos poucos e ainda está acontecendo. Às vezes vejo um item e decido que está na hora de passar para frente ou então reservo um dia (ou vários) para fazer limpezas das coisas que possuo. O processo também se tornou mais rápido e fácil, pois já sei o que gosto ou utilizo, sem ficar pensando no que posso precisar algum dia. É importante lembrar também que mesmo não querendo mais o objeto, ainda há uma responsabilidade de destinar corretamente ele, nada de jogar no lixo o que ainda pode ser reutilizado ou até mesmo doado, combinado?

Apesar de existir vários métodos para desapego e organização, como o método KonMari por exemplo, pessoalmente acredito que cada pessoa tenha seu ritmo e aos poucos vá descobrindo o que funciona para ela, a Coco ensina nesse vídeo 10 dicas para conseguir destralhar.

Mais sobre:


6 comentários on "Por que desapegar pode mudar a sua vida!"
  1. adoro os seus posts e como vc escreve;)

    estou procurando os posts de como começou e quais as dificuldades enfrentadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Alexsandra, fico feliz em saber disso!

      Tem dois posts que falo mais sobre como comecei e o porquê: http://www.livingslow.com.br/2016/02/o-comeco.html e http://www.livingslow.com.br/2016/03/priorizar-o-que-realmente-importa.html

      Nunca fiz um sobre as dificuldades que enfrentei, mas já está anotado que vou fazer sim :)

      Excluir
  2. Estou começando a rotina minimalista e está sendo um super aprendizado!
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      A gente aprende muito né?
      Espero que sua jornada ao minimalismo seja incrível!
      Beijos,
      Isa

      Excluir
  3. Muito bom seus artigos, realmente você está fazendo algo que modifica profundamente a vida das pessoas para melhor! Parabéns e obrigado !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ed, fico muito feliz em saber que eles estão ajudando!
      Obrigada pelo comentário :)

      Beijo,
      Isa

      Excluir

Colaboradores

Assinatura

Assinatura