O TCC, a revista Living Slow e o desafio de produzir moda sustentável

novembro 21, 2016

Depois de me tornar consciente sobre a indústria da moda, atualmente a segunda mais poluente e também é uma das mais associadas ao trabalho escravo, não pude ignorar essa realidade nos projetos que realizei na faculdade. No começo do ano quando comecei a planejar o trabalho de conclusão, sabia que precisava de alguma maneira utilizar essa oportunidade para discutir sobre o consumismo da indústria da moda e as suas consequências. 

Decidi trabalhar com imagem de moda e vi o desafio de produzir um editorial bonito e atraente mas também sustentável. Foi então que criei no primeiro semestre do ano um editorial com peças de segunda mão e principalmente com peças de bazar beneficente. A ideia era mostrar que é possível se vestir bem com o que já existe, modificando o conceito de uma peça usada. Muitas vezes itens usados são vistos de maneira negativa, mas eles continuam sendo a maneira mais sustentável de consumir e por isso fiz tanta questão de reforçar o conceito no projeto. Você pode conferir o editorial aqui.

No segundo semestre, além de trabalhar com peças usadas, abracei o slow living. Queria mostrar esse novo modo de viver que tanto me encanta e me inspira todos os dias. O slow living não tem regras e julgamentos, é um conhecimento próprio para melhoria de vida e uma consciência sobre nossas atitudes com o espaço em que vivemos.

Pensando nisso, percebi que precisaria ir muito além para passar esse conceito no editorial, decidindo então criar uma revista baseada no Living Slow. As reportagens vieram de posts daqui, apenas com algumas mudanças para adaptar melhor a linguagem da plataforma. A diagramação foi feita pela Karina Diniz, as fotos são do banco de imagens Stock Snap. Já no editorial, o Gustavo Cezero foi o responsável pela fotografia, e a modelo é a Thays Vita. Produção de moda, styling e diagramação por Isabel Alves. As peças utilizadas foram de parcerias com os brechós Garimpo da Gilda e Limonada da Arabella. O local aonde aconteceu as fotos foi o Hostel SP 011.

E foi assim que a revista Living Slow nasceu, com muito amor e dedicação. Da mesma forma, que finalizo um ciclo para outro poder começar.
    
Post Comment
Postar um comentário

Colaboradores

Assinatura

Assinatura