Slow Living: Como viver devagar em uma sociedade rápida

junho 27, 2017

Viver em um lugar que não está de acordo com seus valores individuais pode ser frustrante. Um dos meus valors principais, como todos vocês já sabem, é poder viver uma vida mais devagar. E é aí que entra o grande desafio: Como viver devagar em uma cidade grande?

Atualmente moro em São Paulo. Apesar da facilidade de encontrar marcas éticas, produtos orgânicos e eventos gratuitos, ainda assim, pode ser um pouco cansativo viver dessa maneira, que muitos não entendem ou nem mesmo conhecem.

Crescemos aprendendo a viver para obter "sucesso" (sem ao menos saber o que isso significa) e a fazer escolhas de acordo com aquilo que nos é ensinado. Será mesmo que o tempo chega igual a todos? E enquanto estamos tão focado em nossas metas profissionais, a vida continua acontecendo lá fora. Será mesmo que a felicidade vem junto num pacote quando começamos a ganhar 10 mil por mês ou ela pode acontecer hoje mesmo? 

Apesar de ouvirmos que a vida é feita de escolhas, a sensação que tenho é que poucos realmente realizam elas por vontade própria. Afinal, qual foi a última vez que você fez algo que realmente queria fazer? Viver em uma cidade rápida e procurando o slow living, pode te trazer a sensação que estamos parados comparado às outras pessoas e até corremos o risco de sermos vistos como pessoas que não tem metas, apenas por pensar diferente e não almejar o que todos querem.


Existem pequenas atitudes que podemos fazer para trazer o slow living a novas vidas, segue embaixo algumas sugestões:

Faça as atividades com calma


A vida parece corrida, tantas coisas para se fazer, mas as pessoas continuam gastando horas com redes sociais e encontros com pessoas que não adicionam nenhum valor. Temos tempo o suficiente, apenas precisamos reorganizar nossas prioridades. O que vale a pena gastar seu tempo? O que você pode eliminar de sua vida para que as atividades mais importantes possam ser realizadas bem e com mais calma?

Ao invés de ir em cinco shows, dez eventos e encontrar dez amigos, porque não escolher melhor aquele show, aquele evento e aquela pessoa que tanto te adiciona valor? O bom, é inimigo do melhor. Por isso, valorize o que é melhor para você, e dedique menos tempo ao que é apenas bom.

Apreciar uma refeição, o céu ou talvez os animais ao redor, isso tudo trás calma ao nosso dia a dia e torna a rotina mais fácil de ser levada. Identifique quais são essas atividades que te trazem calma e dedique seu tempo à elas sempre que possível.

Durma bem


Dizem que 8h de sono é o certo, mas a verdade é que cada corpo reage de uma maneira e muitas vezes precisamos de menos ou mais tempo que isso. De qualquer forma, dormir bem é extremamente importante não só para o funcionamento do seu organismo mas também para o seu humor no dia seguinte. Tente criar uma rotina noturna, sair de aparelhos eletrônicos algum tempo antes de ir dormir, talvez tomar um chá ou ler um livro ajude seu corpo a se acalmar e o sono ocorrer de forma mais natural.

Dê preferência para andar a pé


Atividades físicas ajudam e são recomendadas para combater a ansiedade que muito ocorre em cidades grandes. Separar um tempo para caminhar, além de ser uma prática saudável, ajuda a diminuir níveis de estresse e se conectar melhor com o momento atual. Ajuda a colocar os pensamentos no lugar, conhecer melhor aonde se vive, apenas benefícios nessa prática. Se puder caminhar com um companheiro, melhor ainda!

Tente focar no presente


Com tantas metas, objetivos e novidades aparecendo, focar no presente se tornou uma tarefa muito mais difícil do que era antigamente. Focar no presente, agradecer pelo que se tem agora em vez de pensar no que será futuramente ajuda a mente a se acalmar e consequentemente trás paz e felicidade para aquele que procura essa prática. A meditação é a principal atividade quando se quer melhorar o foco e atenção, além de possuir alguns outros benefícios.

Tenha plantas e cuide delas


Ter uma horta ou até mesmo uma ou duas plantinhas ajuda muito a se desconectar dessa correria e entender como a natureza funciona. A planta, assim como nós, tem um tempo próprio que precisa ser respeitado e cuidar de um serzinho desse ajuda a entendermos e respeitarmos melhor esse relógio próprio.

Priorize suas atividades


Como você realiza as tarefas do dia? Há uma programação ou é feito de maneira apressada, quando se é lembrada do que deveria estar sendo feito? Aprender a priorizar as atividades e focar no que é mais importante naquele momento, além de ter uma agenda para poder ir acompanhando as datas e prazos ajuda no funcionamento do seu dia. Além disso, procure dedicar sua atenção total a apenas uma atividade por vez e evite ficar mudando de abas ou alternando entre tarefas.


Espero que tenha te ajudado.
Post Comment
Postar um comentário

Colaboradores

Assinatura

Assinatura